Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar
> > A Confissão de Lúcio

Capa do livro A Confissão de Lúcio de Mário de Sá-Carneiro
Título: A Confissão de Lúcio
Ano de Edição: 1914
Páginas: 93
Sinopse:
A confissão de Lúcio é uma das obras mais importante de Mário de Sá-Carneiro porque contem três das suas obsessões dominantes: o suicídio, o amor pervertido e a loucura. É também um bom exemplo da literatura de vanguarda que alguns escritores, precursores do modernismo, faziam.

Lúcio foi condenado a cumprir uma pena de dez anos de prisão pelo homicídio de seu amigo Ricardo de Loureiro. Após ter cumprido integralmente a pena, Lúcio confessa-se inocente e promete relatar toda a verdade, por mais inverosímil que possa parecer.

Curiosidades:
É a primeira obra que fala em relações homossexuais.
Excerto:
«Aliás, por muito lúcido que queira ser, a minha confissão resultará - estou certo - a mais incoerente, a mais perturbadora, a menos lúcida. Uma coisa garanto porém: durante ela não deixarei escapar um pormenor, por mínimo que seja, ou aparentemente incaracterístico. »
anúncio
Os capítulos deste livro:
A CONFISSÃO DE LÚCIO 1
PREFÁCIO 2
CAPÍTULO 1 4
CAPÍTULO 2 22
CAPÍTULO 3 40
CAPÍTULO 4 51
CAPÍTULO 5 57
CAPÍTULO 6 64
CAPÍTULO 7 81
CAPÍTULO 8 90
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site