Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Saiba mais | Compreendi
 
 
Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar
> > Bernardo Guimarães
Bernardo Guimarães (1825-1884)
Foto de Bernardo Guimarães

Bernardo Guimarães (1825-1884) foi um poeta e romancista brasileiro célebre pelo romance A Escrava Isaura

Bernardo Joaquim da Silva Guimarães nasceu em Ouro Preto, Brasil, no dia 15 de agosto de 1825.Foi um romancista e poeta brasileiro que se notabilizou por ter escrito o romance A Escrava Isaura. Bernardo Guimarães participou na criação da Sociedade Epicureia e, seria por essa altura, que foi precursor do estilo poético bestialógico ou pantagruélico. este estilo consistia na produção de versos bem estruturados e metrificados, mas cujo conteúdo não fazia, aparentemente, nenhum sentido. Poeta de estilo burlesco e satírico, foi considerado também precursor do surrialismo brasileiro. Muita da sua poesia não foi publicada por ter sido considerada pornográfica na altura, e acabou por ser perdida na poeira do tempo.

A Escrava Isaura

O romance A Escrava Isaura é a sua obra mais conhecida e, a adaptação para televisão pela rede Globo, projetou esta história para o reconhecimento do público de 150 países. Na China, por exemplo, este livro de Bernardo Guimarães teve uma edição de 300.000 exemplares.

Morte de Bernardo Guimarães

Bernardo Guimarães foi, em 1881, homenageado pelo imperador Dom Pedro II. Apenas dois anos depois, no dia 10 de Março de 1884, morreu pobre, tendo vivido 59 anos sem ter feito um só inimigo.
anúncio
Obra de Bernardo Guimarães
Capa do livro O Garimpeiro
Ano: 1872
Elias é um pobre rapaz apaixonado que tenta desesperadamente atingir a fortuna para poder pedir a mão da sua amada em casamento. Trabalha noite e dia ...

Capa do livro A Escrava Isaura
Ano: 1875
Escrito em plena campanha abolicionista, o livro conta a história de Isaura, uma escrava mulata, filha de um português miguelista e de uma escrava que...


Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site