Forçar versão mobile em desktop (facilita leitura) /'cdchumidcover'" onmouseout="this.className='cdchumidc'" width="408">
Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
Ícone: Introdução
Partilhar
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 

Página 1

 
 
Navegar
> > > Página 1

Capítulo 1: A Odisseia

Página 1

A Odisseia

A história que vão ler a seguir passou-se há alguns milhares de anos. Século a século, os homens têm-na ouvido e repetido sem nunca se enfadarem. Chegou até nós da Grécia antiga, berço da nossa civilização. E se os heróis e a sua gente de quem nela se fala morreram nem se sabe quando, ou, mesmo, se jamais existiram, - os lugares, as praias, as montanhas, os portos, as ilhas e o mar de que se fala aqui, hoje os podemos ainda visitar e percorrer, embora quase sempre outros nomes os indiquem à nossa atenção.

E a todos ficaram para sempre ligadas a lembrança e a saudade dos acontecimentos prodigiosos conta dos na «Odisseia».

É esta a gloriosa história de Ulisses, do homem de mil façanhas e ardis, do herói que,- depois do cerco, tomada e incêndio de Tróia, cidade célebre da Ásia Menor, - visitou as cidades mais diversas, conheceu gentes estranhas e enfeitiçou a alma de povos distantes. Num frágil navio, errou sobre as ondas incertas, cheio de angústia, transido de aflição, perseguido por monstros cruéis, abandonado de socorros. Tudo venceu, afinal, mercê da inteligência, do trabalho, da audácia e, sobretudo, da sua clara e serena razão. Companheiros que levou consigo na viagem arriscada, morreram pelo caminho. Mas Ulisses resistiu aos piores perigos e aos maiores sofrimentos E as suas aventuras foram tão surpreendentes, e a sua coragem tão excepcional se mostrou, que o tornaram imortal na memória das gerações.

<< Sinopse

pág. 1 (Capítulo 1)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Odisseia
Páginas: 129
Página atual: 1

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
A Odisseia 1
Telémaco e os Pretendentes 2
Calipso 8
A Tempestade 13
Nausica 19
O Cavalo de Pau 32
Polifemo e Ninguém 41
Éolo e Circe 54
Ulisses no Inferno 66
As Sereias Sila e Caribdes 75
Os Rebanhos do Sol 85
Ulisses Despede-se de Córcira 90
Eumeu, o Feitor de Ulisses 96
Telémaco Reconhece Ulisses 103
Argus, o Cão Fiel 114
Derrota dos Pretendentes, Vitória de Ulisses 118
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site