Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 1: Capítulo 1

Página 1
Quase sinto vergonha, caríssimo Pedro Giles, por vos enviar este livro sobre a República Utopiana com o atraso de um ano, quando o esperáveis dentro de um mês e meio. E com razão. Pois bem sabíeis que me encontrava liberto do esforço e do estudo necessários à invenção desta obra, e que não precisava já de atormentar o espírito com a disposição e ordenação do assunto. Por isso, apenas me restava pôr no papel tudo o que convosco ouvi contar e afirmar a Mestre Rafael. Nem mesmo o desejo de eloquência me afligia, pois que nem a eloquência, nem o rebuscamento eram qualidades da linguagem de Mestre Rafael. A sua conversa era espontânea, viva e rápida, própria de um homem que se sentia mais à vontade no grego que no latim. Assim, quanto mais se aproximasse o meu relato do seu falar simples e despretensioso, mais próximo se encontraria da verdade; e este é o fim único a que se propõem todo o meu trabalho e estudos.

<< Sinopse

pág. 1 (Capítulo 1)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro A Utopia
Páginas: 133
Página atual: 1

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Capítulo 1 1
Capítulo 2 8
Capítulo 3 51
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site