Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 1: Prefácio

Página 1
Prefácio

Ultimamente o mundo tem andado tão interessado em novelas e romances que será difícil aceitar como autêntica uma história pessoal, onde os nomes e outras particularidades da pessoa não são revelados, e por isso nos devemos contentar com deixar o leitor formar a sua própria opinião acerca das páginas que se seguem e considerá-las como lhe aprouver.

Neste livro supõe-se que a protagonista escreve a sua própria história, e logo no princípio da narrativa explica as razões pelas quais lhe parece conveniente ocultar o seu verdadeiro nome, não voltando a aludir a esse pormenor.

É verdade que o original desta história foi refundido noutras palavras e o estilo da famosa dama de que neste livro falamos um pouco modificado. Contamos, sobretudo, a sua vida em palavras mais modestas, pois o manuscrito original estava redigido numa linguagem mais própria de quem se encontrava ainda em Newgate do que de quem se tornara humilde e arrependida, como ela pretendia ter-lhe acontecido.

A pena que se encarregou de retocar a sua história e de fazer dela o que é agora não teve pequena dificuldade em revesti-la de roupagens decentes e em emprestar-lhe uma linguagem própria para ser lida. Quando uma mulher pervertida desde a juventude, e ainda por cima filha da devassidão e do vício, resolve contar todas as suas depravadas experiências, descendo, até, às ocasiões e circunstâncias especiais que primeiro a tornaram pecaminosa e a toda a progressão de pecado que percorreu em sessenta anos, um autor deve empenhar-se afincadamente em revestir essa história de um aspecto inocente e limpo, para não dar ensejo, sobretudo a leitores malévolos, a que a voltem contra si mesmo.

Tomou-se, pois, todo o cuidado para que a nova versão desta história não provocasse ideias impudicas nem obscenas, ainda mesmo nas piores passagens do relato da protagonista.

<< Sinopse

pág. 1 (Capítulo 1)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro A Vida Amorosa de Moll Flanders
Páginas: 359
Página atual: 1

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Prefácio 1
A vida amorosa de Moll Flanders 7
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site