Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 1: A verdade no caso do Sr. Valdemar

Página 2
I, é (ou era) particularmente notável pela extrema magreza - os seus membros inferiores eram muito parecidos com os de John Randolph; e também pelas suíças, muito brancas em contraste flagrante com o negrume do cabelo, o que levava muita gente a pensar que este último era um capachinho. Era um homem de temperamento muito nervoso, o que o predispunha especialmente para cobaia de experiências hipnóticas. Por duas ou três vezes já o tinha adormecido sem grandes dificuldades; sob outros aspectos, porém, em que a sua constituição física me levara a esperar bastante, a experiência com ele foi uma desilusão. Nunca a sua vontade esteve positiva ou totalmente sob o meu controlo e no que respeita à clairvoyance nunca consegui nada dele digno de nota. Sempre atribuí o meu insucesso nesses pontos ao estado precário da sua saúde. Alguns meses antes de o ter conhecido os médicos diagnosticaram-lhe uma tísica em último grau. Na verdade, ele costumava falar com uma grande calma no seu fim próximo como um assunto que não podia ser evitado nem era de lamentar.

Quando me ocorreram pela primeira vez as ideias que já mencionei foi, pois, naturalmente que me lembrei do Sr. Valdemar. Conhecia demasiado bem a filosofia estóica do homem para temer quaisquer escrúpulos da sua parte; e não tinha parentes na América que pudessem vir a interferir. Falei-lhe, pois, abertamente no assunto; e para minha surpresa pareceu-me ficar vivamente interessado. Digo para minha surpresa, porque, embora se tivesse sempre prestado de bom grado às minhas experiências, nunca antes me dera qualquer mostra de simpatia pelo meu trabalho. A sua doença era daquele tipo que permite prever com exactidão a época em que a morte seria a solução; e ficou assim combinado entre nós que me mandaria chamar vinte e quatro horas antes do momento previsto pelos físicos para a sua morte.

<< Página Anterior

pág. 2 (Capítulo 1)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro A Verdade no Caso do Sr. Valdemar
Páginas: 11
Página atual: 2

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
A verdade no caso do Sr. Valdemar 1
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site