Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capa do livro Os Lusíadas de Luís de Camões
Título: Os Lusíadas
Título: Os Lusíadas
Ano de Edição: 1572
Páginas: 559
Sinopse:
A grande obra poética de Luís de Camões onde é consagrada a história de Portugal até à epopeia dos descobrimentos.

Camões terá escrito a maior parte da obra durante a viajem ao Oriente, tendo encarnado a coragem e a determinação dos marinheiros portugueses quando empreenderam as primeiras viagens à Índia.

A obra cumpre a estrutura de uma epopeia clássica ao dividir-se nas quatro partes: Proposição, Invocação, Dedicatória e Narração. São dez cantos compostos por um número variável de estrofes. As estâncias têm oito versos (oitavas) com rima camoniana (cruzada nos seis primeiros versos e emparelhada nos dois últimos). Finalmente, cada verso é composto por dez sílabas métricas (decassilábico), na sua maioria heróicas, ou seja, acentuadas nas sextas e décimas sílabas.

Curiosidades:
É curioso o parecer do santo ofício que dá o aval à publicação da obra apesar da evocação dos deuses greco-romanos estar presente em toda a obra. Os inquisidores consideraram que essa evocação era um artifício literário e que a fé em Deus era defendida em toda a obra.
Excerto:
«E vós, Tágides minhas, pois criado
Tendes em mim um novo engenho ardente,
Se sempre em verso humilde celebrado
Foi de mim vosso rio alegremente
Dai-me agora um som alto e sublimado,
Um estilo grandíloquo e corrente,
Porque de vossas águas, Febo ordene
Que não tenham inveja às de Hipocrene.»
anúncio
Os capítulos deste livro:
CANTO I 1
CANTO II 55
CANTO III 113
CANTO IV 185
CANTO V 238
CANTO VI 289
CANTO VII 339
CANTO VIII 383
CANTO IX 433
CANTO X 481
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site