Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 2: II

Página 7
II

- Bons dias - disse Mr. Button, nervosamente, ao empregado da Chesapeake Dry Goods Company. - Preciso de comprar roupas para o meu filho.

- Que idade tem o seu filho?

- Cerca de seis horas - respondeu Mr. Button, sem a necessária reflexão.

- A secção de artigos para bebés fica nas traseiras.

- Bem, não creio... não tenho a certeza de que é isso que quero. É que... trata-se de um bebé invulgarmente grande. Excepcionalmente... hum... grande.

- Eles têm os tamanhos maiores para bebés.

- Onde fica a secção para rapazes? - perguntou Mr. Button, mudando desesperadamente de rumo. Tinha a sensação de que o empregado farejaria, com certeza, o seu vergonhoso segredo.

- Aqui mesmo.

- Bem... - hesitou. Repugnava-lhe a ideia de vestir ao filho roupas de homem. Se ao menos conseguisse encontrar um fato de rapaz muito grande poderia cortar-lhe aquela comprida e horrorosa barba, pintar-lhe o cabelo branco de castanho e ocultar, assim, o pior e manter algum do seu amor-próprio - para já não falar no seu lugar na sociedade de Baltimore.

Mas uma inspecção desesperada à secção para rapazes revelou não existirem fatos que servissem ao recém-nascido Button. Deitou as culpas à loja, evidentemente - em casos destes, culpa-se a loja.

- Que idade disse que o seu rapaz tinha? - perguntou curiosamente o empregado.

- Tem... dezasseis.

- Oh, queira perdoar. Pensei que tinha dito seis horas. Encontrará a secção para jovens na coxia seguinte.

Mr. Button virou-se desanimadamente. Depois parou, recuperou o ânimo e estendeu o dedo para um manequim vestido que se encontrava na montra.

- Ali está! - exclamou. - Levo aquele fato, o que o manequim tem vestido.

O empregado olhou fixamente.

- Mas - protestou - aquele não é um fato para criança.

<< Página Anterior

pág. 7 (Capítulo 2)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro O Estranho Caso de Benjamin Button
Páginas: 38
Página atual: 7

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
I 1
II 7
III 10
IV 15
V 18
VI 22
VII 24
VIII 27
IX 30
X 33
XI 36
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site