Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 10: Capítulo 10

Página 53
INCURSÕES DE UM EXTEMPORÂNEO

1

Meus impossíveis. - Seneca: ou o toureador da virtude. - Rousseau: ou o retorno à natureza em impuris naturalibus. - Schiller: ou o trompetista moral de Säckingen. - Dante: ou as hienas que fazem poesia nos túmulos. - Kant: ou a cant [hipocrisia] enquanto caráter inteligível. - Vitor Hugo: ou o farol no mar do contra-senso. - Liszt: ou a escola da destreza segundo as mulheres. - George Sand: ou lactea ubertas; em alemão: a vaca leiteira com um "belo estilo". - Michelet: ou o entusiasmo despido... - Carlyle: ou o Pessimismo enquanto o almoço azedado. - John Stuart Mill: ou a clareza ofensiva. - os irmãos de Goncourt: ou os dois Ajaxes em luta com Homero. A música de Offenbach. - Zola: ou "a alegria de feder".

2.

Renan. - Teologia, ou a degradação da razão pelo "pecado original" (o cristianismo). O testemunho de Renan que, logo ao arriscar uma vez um Sim ou Não de modo mais universal, erra o alvo com uma regularidade penosa. Ele queria, por exemplo, ligar em uníssono la science e la noblesse: mas a ciência pertence à democracia, e isso é palpável. Ele deseja, com uma ambição nada desprezível, apresentar um aristocratismo do espírito: no entanto, ele aconchega ao mesmo tempo sobre seus joelhos, e não apenas sobre seus joelhos, a doutrina contrária: o evangelho dos humildes... De que serve toda essa conversa sobre liberdade do espírito, toda modernidade, toda zombaria e toda a flexibilidade de papaformigas, se em nossas entranhas continuarmos cristãos, católicos e até mesmo sacerdotes!

<< Página Anterior

pág. 53 (Capítulo 10)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Crepúsculo dos Ídolos
Páginas: 106
Página atual: 53

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Capítulo 1 1
Capítulo 2 2
Capítulo 3 8
Capítulo 4 15
Capítulo 5 21
Capítulo 6 23
Capítulo 7 30
Capítulo 8 40
Capítulo 9 45
Capítulo 10 53
Capítulo 11 98
Capítulo 12 106
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site