Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 5: 5 - Conselhos de uma Lagarta

Página 32

“Você!” disse a Lagarta com desprezo. “Quem é você?” Isso as conduzia de novo ao início da conversa. Alice ficou um pouco irritada com o fato de a Lagarta ficar fazendo tais interrupções. Empinou-se e disse em tom muito sério: “Acho que a senhora é que devia me dizer primeiro quem é.”

“Por quê?” disse a Lagarta.

Aí estava outra questão complicada. Como não encontrou nenhuma boa razão, e a Lagarta parecia estar num espírito muito desagradável, Alice virou as costas para ir embora.

“Volte!” chamou a Lagarta. “Tenho algo importante a dizer.”

Isto sem dúvida parecia promissor. Alice voltou.

“Mantenha a calma”, disse a Lagarta. “É tudo?” perguntou Alice, tentando conter o mais possível sua irritação.

“Não”, disse a Lagarta.

Alice pensou que podia muito bem esperar, pois não tinha mesmo nada para fazer e, além disso, talvez a Lagarta lhe dissesse algo que valesse a pena. Por alguns minutos a Lagarta só fumou, sem dizer nada. Por fim descruzou os braços, tirou o narguilé da boca e disse: “Então você acha que mudou muito, é?”

“Tenho a impressão que sim”, falou Alice. “Eu não consigo me lembrar das coisas como antes, e eu não fico do mesmo tamanho nem dez minutos seguidos!”

“Não consegue se lembrar de que coisas?” perguntou a Lagarta.

“Bem, eu tentei recitar ‘A abelhinha diligente’, mas saiu tudo errado!” respondeu Alice com voz melancólica.

“Recite ‘Estás velho, Pai William’”, sugeriu a Lagarta.

Alice juntou as mãos e começou:

“Estás velho, Pai William”, o moço lhe disse,

“e grisalho também — é a maneira

adequada, a teu ver, de passar a velhice,

plantar horas a fio bananeira?”

<< Página Anterior

pág. 32 (Capítulo 5)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Alice no País das Maravilhas
Páginas: 91
Página atual: 32

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
1 - Na Toca do Coelho 1
2 - O Mar de Lágrimas 8
3 - Uma Corrida Eleitoral e uma Longa História 15
4 - O Coelho dá uma Tarefa a Bill 22
5 - Conselhos de uma Lagarta 31
6 - O Porco e a Pimenta 38
7 - Um Chá de Loucos 47
8 - O Campo de Croquet da Rainha 55
9 - A História da Falsa Tartaruga 63
10 - A Quadrilha da Lagosta 71
11 - Quem Roubou as Tortas 78
12 - O Depoimento de Alice 85
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site