Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 8: 8 - O Campo de Croquet da Rainha

Página 55

Capítulo 8 – O Campo de Croquet da Rainha

Na entrada do jardim havia uma grande roseira: as rosas que ali nasciam eram brancas, mas três jardineiros ocupavam-se em pintá-las de vermelho. Alice achou aquilo curioso e aproximou-se para observar. Assim que chegou mais perto, ouviu um deles dizer: “Preste atenção, Cinco! Não jogue tinta em mim desse jeito!”

“Não tenho culpa”, disse o Cinco, amuado38, “foi o Sete que empurrou meu cotovelo.”

Ouvindo isso, o Sete ergueu a vista e disse: “Muito bem, Cinco! Sempre pondo a culpa nos outros!”

“É melhor você ficar quieto!” disse o Cinco. “Ontem mesmo eu ouvi a Rainha dizer que você merecia ser decapitado!”

“Por quê?” perguntou o que falara primeiro.

“Não é da sua conta, Dois!” disse o Sete.

“É da conta dele, sim!” disse o Cinco, “e vou dizer a ele... foi porque levou raízes de tulipa para a cozinheira, em vez de cebolas.”

Sete jogou o pincel e estava começando a dizer: “Ora essa, de todas as injustiças que...” quando seu olhar topou com o de Alice, que ainda os observava. Cessou imediatamente; os outros também se voltaram, e os três fizeram uma reverência.

“Poderiam me dizer”, falou Alice um pouco tímida, “por que estão pintando essas rosas?”

Cinco e Sete ficaram calados, mas olharam para Dois. Dois falou em voz baixa: “Veja bem, senhorita, o fato é que, neste lugar, deveria haver uma roseira vermelha, mas por engano nós pusemos uma branca; e se a Rainha a descobrir, todos teremos nossas cabeças cortadas, compreende? Então, veja bem, senhorita, estamos fazendo o melhor possível, antes que ela chegue, para...” Neste ponto o Cinco, que ficara espreitando com muita ansiedade pelo jardim, gritou: “A Rainha! A Rainha!” e os três jardineiros instantaneamente atiraram-se ao chão.

<< Página Anterior

pág. 55 (Capítulo 8)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Alice no País das Maravilhas
Páginas: 91
Página atual: 55

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
1 - Na Toca do Coelho 1
2 - O Mar de Lágrimas 8
3 - Uma Corrida Eleitoral e uma Longa História 15
4 - O Coelho dá uma Tarefa a Bill 22
5 - Conselhos de uma Lagarta 31
6 - O Porco e a Pimenta 38
7 - Um Chá de Loucos 47
8 - O Campo de Croquet da Rainha 55
9 - A História da Falsa Tartaruga 63
10 - A Quadrilha da Lagosta 71
11 - Quem Roubou as Tortas 78
12 - O Depoimento de Alice 85
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site