Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 5: 5 - Conselhos de uma Lagarta

Página 37

Esta ideia era tão nova para Alice que ela ficou em silêncio por um ou dois minutos, o que deu oportunidade à Pomba para acrescentar: “Você está procurando ovos, sei disso muito bem. Que diferença faz para mim se você é uma menina ou uma serpente?”

“Faz muita diferença para mim”, foi dizendo Alice, “mas acontece que não estou procurando ovos; e, mesmo se estivesse, eu não quereria os seus: não gosto de ovos crus.”

“Saia daqui, então!” concluiu a Pomba, irritada, indo se acomodar outra vez em seu ninho. Alice fez o possível para agachar-se entre as árvores, pois seu pescoço se enroscava nos galhos e a todo minuto ela tinha de parar para desenroscá-lo. A certo ponto, lembrou-se de que ainda estava segurando os pedaços do cogumelo e, com muito cuidado, começou a mordiscar primeiro um, depois o outro, crescendo um pouco e encolhendo outro tanto, até conseguir voltar à sua altura normal.

Fazia tanto tempo que ela não tinha o seu tamanho normal que a princípio sentiu-se um pouco estranha. Mas logo se habituou e, como de costume, começou a conversar consigo mesma: “Muito bem, já realizei metade do meu plano! Que confusão, essas mudanças todas! Nunca sei o que vai me acontecer de um momento para o outro! Pelo menos, voltei ao meu tamanho normal: a próxima etapa é entrar naquele delicioso jardim... Eu só queria saber como fazer isso!” Enquanto dizia estas palavras, encontrou-se diante de uma clareira, com uma casinha de aproximadamente um metro de altura no meio. “Seja quem for que more aí”, pensou Alice, “não seria bom que eu entrasse com este tamanho: tomariam um susto de matar!” Então, outra vez comeu um pedacinho do cogumelo da mão direita, e não se aventurou a se aproximar da casa antes que diminuísse até uns vinte e cinco centímetros de altura.

<< Página Anterior

pág. 37 (Capítulo 5)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Alice no País das Maravilhas
Páginas: 91
Página atual: 37

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
1 - Na Toca do Coelho 1
2 - O Mar de Lágrimas 8
3 - Uma Corrida Eleitoral e uma Longa História 15
4 - O Coelho dá uma Tarefa a Bill 22
5 - Conselhos de uma Lagarta 31
6 - O Porco e a Pimenta 38
7 - Um Chá de Loucos 47
8 - O Campo de Croquet da Rainha 55
9 - A História da Falsa Tartaruga 63
10 - A Quadrilha da Lagosta 71
11 - Quem Roubou as Tortas 78
12 - O Depoimento de Alice 85
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site