Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 7: 7 - Um Chá de Loucos

Página 54

O Dormidongo a esta altura fechara os olhos e estava cochilando. Porém, ao ser beliscado pelo Chapeleiro, despertou, soltando um gritinho, e continuou: “...tudo o que começava com L, como por exemplo luneta, livro, lápis, letras... sabe? Como quando se diz ‘tirar de letra’... Vocês já viram algo como tirar da letra a letra?”

“Para dizer a verdade, agora que você perguntou”, disse Alice, cada vez mais confusa, “eu não sei se...”

“Então não deveria dizer nada”, disse o Chapeleiro.

Esta indelicadeza ia além do que Alice podia suportar: indignada, levantou-se e caminhou, afastando-se dali. O Dormidongo dormiu imediatamente, e nenhum dos outros prestou a menor atenção à sua saída, embora ela tivesse olhado uma ou duas vezes para trás, com a esperança de que a chamassem de volta. A última vez que os viu, estavam tentando enfiar o Dormidongo na chaleira.

“Aconteça o que acontecer, jamais voltarei àquele lugar!” falou Alice, tomando a direção do bosque. “Foi o chá mais absurdo de que já participei em toda a minha vida!”

Ao dizer isto, percebeu que no tronco de uma das árvores havia uma porta. “Muito estranho!” pensou. “Mas tudo está estranho hoje. Acho que posso muito bem ir entrando.” E entrou.

Mais uma vez se achou na grande sala, perto da mesinha de vidro. “Desta vez, farei tudo certo”, disse consigo. E começou pegando a chavezinha dourada e destrancando a porta que conduzia ao jardim. Depois, foi mordiscando o cogumelo (ela guardara um pedaço no bolso) até ficar com trinta centímetros de altura. Daí atravessou a pequena passagem: então... achou-se finalmente no lindo jardim, entre canteiros resplandecentes e fontes fresquinhas.

<< Página Anterior

pág. 54 (Capítulo 7)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Alice no País das Maravilhas
Páginas: 91
Página atual: 54

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
1 - Na Toca do Coelho 1
2 - O Mar de Lágrimas 8
3 - Uma Corrida Eleitoral e uma Longa História 15
4 - O Coelho dá uma Tarefa a Bill 22
5 - Conselhos de uma Lagarta 31
6 - O Porco e a Pimenta 38
7 - Um Chá de Loucos 47
8 - O Campo de Croquet da Rainha 55
9 - A História da Falsa Tartaruga 63
10 - A Quadrilha da Lagosta 71
11 - Quem Roubou as Tortas 78
12 - O Depoimento de Alice 85
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site