Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 8: A AVENTURA DO PÉ DO DIABO

Página 162
A AVENTURA DO PÉ DO DIABO

Ao anotar, de quando em quando, algumas das experiências singulares e interessantes recordações resultantes da minha longa e íntima amizade com Mr. Sherlock Holmes, tenho sistematicamente enfrentado dificuldades causadas pela sua aversão à publicidade. Ao seu espírito cínico e grave, todo o aplauso popular parecia odioso, e nada lhe agradava mais, no fim de um caso resolvido com êxito, do que encarregar das notícias as autoridades e escutar com um sorriso trocista o coro de parabéns deslocado. Foi realmente esta atitude da parte do meu amigo, e não qualquer falta de material interessante, que me levou, nos últimos anos, a divulgar tao poucos dos meus apontamentos. A minha participação em algumas destas aventuras constituiu sempre um privilégio a comandar-me descrições e prudência.

Foi pois, com agradável surpresa que recebi um telegrama de Holmes na passada terça-feira - nunca escrevia quando podia telegrafar - nos seguintes termos:

Por que não conta o Horror da Cornualha, o caso mais estranho que já tratei?

Não faço ideia de que revolução de memória lhe trouxera ao espírito esse caso, ou que capricho o levava a desejar que eu o relatasse; mas apressei-me, antes que ele se arrependesse, a reunir as notas que me deram os exactos pormenores da aventura e me permitiam oferecer a sua narrativa aos meus leitores.

Foi na Primavera de 1897 que a férrea constituição de Holmes mostrou sintomas de decadência perante o duro trabalho incessante, exigentíssimo, a que o meu amigo se dedicava, ampliados talvez por ocasionais indiscrições sobre o que sentia. Em Março desse ano, Dr. Moore Agar, de Harley Street, cuja, dramática apresentação a Holmes contarei um dia, intimou o famoso detective a pôr de parte todos os seus casos e a observar repouso absoluto se quisesse evitar um colapso total.

<< Página Anterior

pág. 162 (Capítulo 8)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro A Última Aventura de Sherlock Holmes
Páginas: 210
Página atual: 162

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
PREFÁCIO 1
A AVENTURA DE WISTERIA LODGE 2
A AVENTURA DA CAIXA DE CARTÃO 38
A AVENTURA DO CÍRCULO VERMELHO 64
A AVENTURA DOS PLANOS BRUCE-PARTINGTON 87
A AVENTURA DO DETECTIVE MORIBUNDO 121
O DESAPARECIMENTO DE LADY FRANCES CARFAX 139
A AVENTURA DO PÉ DO DIABO 162
O ÚLTIMO CASO 192
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site