Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 

Capítulo 2: A VOZ

Página 34

Ele o mandou: a causa

Disso o universo ignora,

E mudo está. O nume,

Como o universo, adora!»

Oh, sim, torva blasfémia

Não manchará seu canto!

Brama a procela embora;

Pese sobre ele o espanto;

Que de sua harpa os hinos

Derramará contente

Aos pés de Deus, qual óleo.

<< Página Anterior

pág. 34 (Capítulo 2)

Página Seguinte >>

Capa do livro A Harpa do Crente
Páginas: 117
Página atual: 34

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
A SEMANA SANTA 1
A VOZ 32
A ARRÁBIDA 35
MOCIDADE E MORTE 56
DEUS 71
A TEMPESTADE 76
O SOLDADO 82
D. PEDRO 92
A VITÓRIA E A PIEDADE 96
A CRUZ MUTILADA 106
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Lda. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site