Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 1: Capítulo 1

Página 1
Eveline sentou-se perto da janela espiando o anoitecer que vinha invadindo a Avenida. Quando a sua cabeça tocou as cortinas, desprendeu-se destas um cheiro de tecido poeirento. Eveline sentia-se cansada.

Àquela hora andava pouca gente na rua.

Um homem que vivia lá adiante passou a caminho de casa; era claramente perceptível o ruído das suas passadas no pavimento cimentado. Lá longe ficavam as casas vermelhas. Nos velhos tempos não havia ali construções; era um terreno aberto às brincadeiras das crianças. Foi então que um senhor de Belfast comprou aquilo e começaram a aparecer casas - não casas peque- nas e vulgares, mas sim grandes edifícios de tijolo com telhados resplandecentes. Nos velhos tempos, Eveline e os seus irmãos brincavam ali com os Devines, os Waters e os Dunns. Só Ernest nunca brincava; já era demasiado crescido. Quantas vezes o pai de

<< Sinopse

pág. 1 (Capítulo 1)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Gente de Dublin
Páginas: 117
Página atual: 1

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Capítulo 1 1
Capítulo 2 9
Capítulo 3 30
Capítulo 4 36
Capítulo 5 52
Capítulo 6 58
Capítulo 7 63
Capítulo 8 69
Capítulo 9 78
Capítulo 10 86
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site