Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 5: LIVRO III

Página 68
privada de um grande número de isolados que tinham sido enviados para ir procurar víveres, e desprezavam-na pelo seu pequeno efectivo; depois, convenciam-se, dada a desvantagem da nossa posição, de que no momento em que lançassem os seus dardos e se precipitassem das montanhas para o vale, nem sequer este primeiro choque poderia ser sustentado pelas nossas tropas. Acrescentem o seu ressentimento por terem visto os seus filhos levados como reféns e a sua convicção de que os Romanos procuravam ocupar os cimos dos Alpes menos para reter os caminhos que para ali se fixarem para sempre e, unirem estas regiões à Província limítrofe.

III - A estas notícias, Galba, que ainda não terminara inteiramente o seu campo de Inverno e as suas defesas, nem fizera as provisões suficientes de trigo e de outros víveres, porque acreditara, depois da rendição dos Gauleses e da aceitação dos reféns; que nenhum acto de guerra seria de temer, convocou à pressa o conselho e pôs-se a recolher as opiniões. Neste conselho, em face de um perigo tão instante e tão inesperado, vendo quase todas as elevações cobertas por uma multidão de inimigos em armas, não esperando socorro nem abastecimento, pois que os caminhos estavam cortados, perante uma situação quase desesperada, muitos emitiam a opinião de abandonar as bagagens e de procurar a salvação abrindo passagem através dos inimigos, pelo mesmo caminho que tinham seguido para vir. Contudo, a maioria decidiu reservar este partido para a última extremidade, esperar o curso dos acontecimentos e defender o campo.

IV - Pouco depois, mal tivera tempo de pôr em execução as decisões tomadas, já os inimigos acorrem de todas as partes a um sinal dado e lançam sobre o entrincheiramento pedras e setas. Os nossos,

<< Página Anterior

pág. 68 (Capítulo 5)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro A Guerra das Gálias
Páginas: 307
Página atual: 68

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
PREFÁCIO 1
CRONOLOGIA SUMÁRIA DA VIDA DE CÉSAR 7
LIVRO I 10
LIVRO II 47
LIVRO III 67
LIVRO IV 84
LIVRO V 105
LIVRO VI 140
LIVRO VII 167
LIVRO VIII 224
ÍNDICE HISTÓRICO E GEOGRÁFICO 256
NOTAS 299
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site