Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 10: Capítulo 3 – Loja 341, Vale Vermissa

Página 109
Capítulo 3 – Loja 341, Vale Vermissa

No dia seguinte, Mac Murdo mudou-se da pensão do velho Jacob Shafter, para a casa da viúva, Mac Namara, nos limites da, cidade.

Como por essa altura, Scanlan viesse viver para Vermissa. encontraram-se e passaram a morar juntos.

Não havia ali outros pensionistas e a dona da casa, uma. velha irlandesa, compreensiva, deixava-os à vontade para que falassem a sós, um com o outro, o que convinha a homens pertencentes a uma sociedade secreta.

A pouco e pouco, Shafter foi abrandando, a sua intolerância e, a dada altura, consentiu que Mac Murdo passasse a tomar, na pensão, as suas refeições, sempre que o desejasse. Desta maneira, as relações entre o jovem e Ettie tornaram-se ainda mais íntimas.

Entretanto, Mac Murdo, na nova casa, verificou que poderia servir-se do seu quarto de dormir para nele utilizar os cunhos de moedas, sem que ninguém o incomodasse. Certos irmãos da Loja, depois do solene juramento de guardarem segredo, tiveram permissão para ir vê-lo trabalhar, ajudado por Scanlan. Saíram de lá com alguns exemplares de moedas falsas, mas tão perfeitas, que não tiveram a menor dificuldade em passá-las.

Os companheiros perguntavam por que motivo Mac Murdo, dominando com tanta perfeição aquela maravilhosa arte, se empenhava em trabalhar num emprego fixo. E o jovem respondia que se vivesse sem trabalhar para angariar meios de sustento, em breve atrairia as atenções da Polícia.

Na realidade, andava um polícia à procura de Mac Murdo, mas o incidente que provocou foi mais benéfico do que prejudicial para o jovem aventureiro.

Rara era a noite em que não aparecia no bar de Mac Ginty, com o intuito de estreitar relações com os rapazes, como reciprocamente se chamavam os componentes da perigosa turma.

<< Página Anterior

pág. 109 (Capítulo 10)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro O Vale do Terror
Páginas: 172
Página atual: 109

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
PRIMEIRA PARTE - A TRAGÉDIA DE BIRLSTONE - Capítulo 1 – O Aviso 1
Capítulo 2 – Sherlock Holmes Discorre 11
Capítulo 3 – A Tragédia de Birlstone 20
Capítulo 4 – A Treva 31
Capítulo 5 – A Personagem do Drama 43
Capítulo 6 – Uma Réstia de Luz 56
Capítulo 7 – A Solução 71
SEGUNDA PARTE - OS VINGADORES - Capítulo 1 – O Homem 88
Capítulo 2 – O Grão-Mestre 95
Capítulo 3 – Loja 341, Vale Vermissa 109
Capítulo 4 – O Vale do Terror 127
Capítulo 5 – O Inverno Negro 139
Capítulo 6 – Perigo 149
Capítulo 7 – Birdy Edwards Cai na Armadilha 160
Epílogo 170
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site