Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 10: 3 - John Ferrier Fala com o Profeta

Página 84

3
JOHN FERRIER FALA COM O PROFETA

Tinham passado três semanas desde que Jefferson Hope e os seus companheiros tinham partido de Salt Lake City. John Ferrier ficava desolado quando pensava no regresso do jovem e na perda iminente da sua filha adoptiva. No entanto, o rosto resplandecente e feliz da rapariga fê-lo resignar-se ao acordo mais do que qualquer argumento teria feito. Determinara sempre, no íntimo do seu coração resoluto, que nada o levaria a consentir que a sua filha se casasse com um mórmone. Considerava que não era um verdadeiro casamento, mas sim uma vergonha e uma desgraça. Fosse qual fosse a sua opinião a respeito das doutrinas dos mórmones, neste ponto era inflexível. No entanto, não podia dizer nada sobre o assunto, porque exprimir uma opinião heterodoxa era perigoso naqueles tempos na Terra dos Santos.

Sim, um assunto perigoso - tão perigoso que até os mais virtuosos só se atreviam a expressar em surdina as suas ideias religiosas, com a respiração reprimida, com medo de que alguma coisa que saísse dos seus lábios pudesse ser mal interpretada e fizesse abater sobre eles um castigo imediato. As vítimas de perseguições tinham-se transformado agora em perseguidores de moto próprio e opressores da pior espécie. Nem a Inquisição de Sevilha, nem o Vehmgericht alemão, nem as Sociedades Secretas de Itália foram alguma vez capazes de pôr em movimento um mecanismo mais terrível do que aquele que lançava uma nuvem sobre o estado de Utá.

A invisibilidade e o mistério que estavam ligados a ela, tornavam esta organização duplamente terrível. Parecia ser omnisciente e omnipotente; todavia, não era vista nem conhecida. O homem que se insurgisse contra a igreja desaparecia, e ninguém sabia para onde tinha ido ou o que lhe tinha acontecido. A mulher e os filhos esperavam-no em casa, mas o pai nunca voltava para lhes contar como caíra nas mãos dos seus juízes secretos.

<< Página Anterior

pág. 84 (Capítulo 10)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Um Estudo em Escarlate
Páginas: 127
Página atual: 84

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Primeira Parte: 1 - O Sr. Sherlock Holmes 1
2 - A Ciência da Dedução 10
3 - O Mistério de Lauriston Gardens 21
4 - O que John Rance Tinha para Contar 32
5 - O Nosso Anúncio Traz um Visitante 39
6 - Tobias Gregson Mostra o que Sabe Fazer 46
7 - Luz na Escuridão 55
Segunda Parte: 1 - Na Imensa Planície de Alcali 65
2 - A Flor de Utá 76
3 - John Ferrier Fala com o Profeta 84
4 - Uma Fuga para Salvar a Própria Vida 90
5 - Os Anjos Vingadores 100
6 - Uma Continuação das Memórias do Dr. John Watson 110
7 - A Conclusão 122
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site