Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 3: Parte II

Página 4
Parte II

Vem o Fidalgo e, chegando ao batel infernal, diz:

FIDALGO

Esta barca onde vai ora,

que assi está apercebida?

DIABO

Vai para a ilha perdida

e há-de partir logo ess’ora.

FIDALGO

Pera lá vai a senhora?

DIABO

Senhor, a vosso serviço.

FIDALGO

Parece-me isso cortiço...

DIABO

Porque a vedes lá de fora.

FIDALGO

Porém, a que terra passais?

DIABO

Pera o Inferno, senhor.

FIDALGO

Terra é bem sem-sabor.

DIABO

Quê? E também cá zombais?

FIDALGO

E passageiros achais

pera tal habitação?

DIABO

Vejo-vos eu em feição

pera ir ao nosso cais...

FIDALGO

Parece-te a ti assi.

DIABO

Em que esperas ter guarida?

FIDALGO

Que leixo na outra vida

quem reze sempre por mi.

DIABO

Quem reze sempre por ti!...

Hi hi hi hi hi hi hi hi!

E tu viveste a teu prazer,

cuidando cá guarecer

por que rezem lá por ti?

Embarcai! Hou! Embarcai,

que haveis de ir à derradeira.

<< Página Anterior

pág. 4 (Capítulo 3)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Auto da Barca do Inferno
Páginas: 41
Página atual: 4

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Introdução de Gil Vicente 1
Parte I 2
Parte II 4
Parte III 10
Parte IV 13
Parte V 16
Parte VI 19
Parte VII 24
Parte VIII 27
Parte IX 29
Parte X 32
Parte XI 36
Parte XII 39
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site