Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar
> > > Página 269

Capítulo 19: Capítulo XIX

Página 269
Ocupo um determinado ponto no espaço. Ao mesmo tempo, nenhum outro sólido pode ocupar o mesmo ponto. Nesse sentido, existe o Grande Irmão?

- Não tem importância. Existe.

- O Grande Irmão morrerá?

- Lógico que não. Como poderia morrer? Outra pergunta.

- Existe a Fraternidade?

- Isso nunca saberás, Winston. Se resolvermos pôr-te em liberdade quando acabarmos a tarefa, e mesmo que vivas até os noventa, nunca saberás se a resposta a essa pergunta é Sim ou Não. Enquanto viveres será um enigma insolvível na tua cabeça.

Winston guardou silêncio. Seu peito ofegou um pouco mais depressa. Ainda não fizera a pergunta que lhe viera em primeiro lugar à mente. Tinha de fazê-la, e no entanto era como se a língua se recusasse. Havia uma sombra de jocosidade no rosto de O'Brien. Até os seus óculos pareciam despedir lampejos irônicos. Ele sabe, pensou Winston de repente, ele sabe o que vou perguntar! E a isso as palavras lhe brotaram dos lábios:

- O que é a Sala 101?

Não mudou a expressão do rosto de O'Brien. Respondeu secamente:

- Sabes o que há na Sala 101, Winston. Todo mundo sabe o que há na Sala 101.

Apontou com o dedo o homem de branco. Evidentemente., encerrara-se a sessão. A agulha mergulhou no braço de Winston. Quase imediatamente ele mergulhou no sono profundo.

<< Página Anterior

pág. 269 (Capítulo 19)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro 1984
Páginas: 309
Página atual: 269

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Capítulo I 1
Capítulo II 20
Capítulo III 29
Capítulo IV 38
Capítulo V 50
Capítulo VI 66
Capítulo VII 72
Capítulo VIII 85
Capítulo IX 108
Capítulo X 120
Capítulo XI 130
Capítulo XII 141
Capítulo XIII 152
Capítulo XIV 162
Capítulo XV 165
Capítulo XVI 173
Capítulo XVII 185
Capítulo XVIII 235
Capítulo XIX 249
Capítulo XX 270
Capítulo XXI 284
Capítulo XXII 293
Capítulo XXIII 298
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site