Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 10: CAPÍTULO IX
SOBRE A INPERFEIÇÃO DO REGISTO GEOLÓGICO

Página 302
CAPÍTULO IX
SOBRE A INPERFEIÇÃO DO REGISTO GEOLÓGICO

Sobre a ausência de variedades intermédias hoje em dia - Sobre a natureza das variedades intermédias extintas; sobre o seu número - Sobre o vasto intervalo de tempo, como se infere a partir do ritmo da deposição sedimentar e da erosão - Sobre a pobreza das nossas colecções paleontológicas - Sobre a intermitência das formações geológicas - Sobre a ausência de variedades intermédias em quaisquer formações - Sobre o aparecimento súbito de grupos de espécies Sobre o seu aparecimento súbito nos estratos fossilíferos mais baixos.

No Capítulo VI enumerei as principais objecções que se poderia justificadamente levantar contra as perspectivas sustentadas neste volume. Na sua maioria foram já discutidas. Uma, nomeadamente a distinção das formas específicas e o não estarem misturadas por inumeráveis elos transicionais, é uma dificuldade muito óbvia. Indiquei razões por que tais elos não ocorrem comummente nos dias de hoje, sob as circunstâncias aparentemente muitíssimo favoráveis à sua presença, nomeadamente, numa área muito extensa e contínua, com condições físicas graduais. Procurei mostrar que a vida de cada espécie depende mais da presença -de outras formas orgânicas já definidas do que do clima; e, portanto, que as condições de vida realmente determinantes não desaparecem gradativamente, de um modo completamente imperceptível, como o calor ou a humidade. Procurei também mostrar que as variedades intermédias, por existirem em menor número do que as formas que ligam, serão em geral vencidas e exterminadas no decorrer de modificações e aperfeiçoamento adicionais. A principal causa, contudo, da não ocorrência de inumeráveis elos intermédios em toda a parte na natureza hoje em dia depende do mesmo processo de selecção natural, através do qual as novas variedades ocupam continuamente o lugar das formas antecessoras e as exterminam.

<< Página Anterior

pág. 302 (Capítulo 10)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro A Origem das Espécies
Páginas: 524
Página atual: 302

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
INTRODUÇÃO 1
CAPÍTULO I
VARIAÇÃO SOB DOMESTICAÇÃO
7
CAPÍTULO II
VARIAÇÃO EM ESTADO DE NATUREZA
49
CAPÍTULO III
LUTA PELA EXISTÊNCIA
67
CAPÍTULO IV
SELECÇÃO NATURAL
88
CAPÍTULO V
LEIS DA VARIAÇÃO
143
CAPÍTULO VI
DIFICULDADES ENFRENTADAS PELA TEORIA
184
CAPÍTULO VII
INSTINTO
223
CAPÍTULO VIII HIBRIDISMO 263
CAPÍTULO IX
SOBRE A INPERFEIÇÃO DO REGISTO GEOLÓGICO
302
CAPÍTULO X
SOBRE A SUCESSÃO GEOLÓGICA DOS SERES ORGÂNICOS
336
CAPÍTULO XI
DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA
372
CAPÍTULO XII
DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA (continuação)
411
CAPÍTULO XIII
AFINIDADES MÚTUAS DOS SERES ORGÂNICOS. MORFOLOGIA. EMBRIOLOGIA. ÓRGÂOS RUDIMENTARES.
441
CAPÍTULO XIV
RECAPITULAÇÃO E CONCLUSÃO
491
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site