Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 5: CAPÍTULO IV
SELECÇÃO NATURAL

Página 142
e estes ramos perdidos, de diferentes tamanhos, podem representar todas as ordens, famílias e géneros de que hoje não há representantes vivos e as quais só conhecemos por terem sido encontradas em estado fóssil. Tal como vemos, aqui e ali, brotar de uma bifurcação situada mais abaixo numa árvore um pequeno ramo perdido, que foi favorecido e está ainda no auge da sua vida, assim vemos ocasionalmente um animal como o ornitorrinco ou o lepidossirene, que pelas suas afinidades liga, de certa maneira, dois grandes ramos da vida, e que foi aparentemente poupado à competição fatal por habitar um espaço protegido. Como os botões ao crescer dão lugar a novos botões, e estes, se forem vigorosos, ramificam e sobrelevam por todos os lados muitos dos ramos mais fracos, assim creio que, por força da geração, sucedeu com a grande árvore da vida, a qual enche a crosta terrestre com os seus ramos mortos e quebrados e cobre a superfície com as suas ramificações, sempre belas e em contínua expansão.

<< Página Anterior

pág. 142 (Capítulo 5)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro A Origem das Espécies
Páginas: 524
Página atual: 142

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
INTRODUÇÃO 1
CAPÍTULO I
VARIAÇÃO SOB DOMESTICAÇÃO
7
CAPÍTULO II
VARIAÇÃO EM ESTADO DE NATUREZA
49
CAPÍTULO III
LUTA PELA EXISTÊNCIA
67
CAPÍTULO IV
SELECÇÃO NATURAL
88
CAPÍTULO V
LEIS DA VARIAÇÃO
143
CAPÍTULO VI
DIFICULDADES ENFRENTADAS PELA TEORIA
184
CAPÍTULO VII
INSTINTO
223
CAPÍTULO VIII HIBRIDISMO 263
CAPÍTULO IX
SOBRE A INPERFEIÇÃO DO REGISTO GEOLÓGICO
302
CAPÍTULO X
SOBRE A SUCESSÃO GEOLÓGICA DOS SERES ORGÂNICOS
336
CAPÍTULO XI
DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA
372
CAPÍTULO XII
DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA (continuação)
411
CAPÍTULO XIII
AFINIDADES MÚTUAS DOS SERES ORGÂNICOS. MORFOLOGIA. EMBRIOLOGIA. ÓRGÂOS RUDIMENTARES.
441
CAPÍTULO XIV
RECAPITULAÇÃO E CONCLUSÃO
491
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site