Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 10: SEGUNDA PARTE – I

Página 89

Um incidente motivara o atraso: a cadelinha galga da Se Bovary fugira pelos campos fora. Tinham assobiado por ela durante mais de um quarto de hora. Hivert havia até voltado atrás cerca de meia légua, julgando avistá-la de minuto a minuto; fora, porém, necessário prosseguir a viagem. Emma chorava, desesperara-se e acusara Charles daquela desgraça. O Sr. Lheureux, negociante de fazendas, que vinha também na carruagem, procurava confortá-la falando de uma quantidade de casos de cães perdidos que reconheciam o dono depois de muitos anos. Falava-se de um, dizia ele, que voltara de Constantinopla para Paris. Outro percorrera cinquenta léguas em linha recta e atravessara quatro rios a nado; e o seu próprio pai tivera um caniche que, após doze anos de ausência, lhe saltara inesperadamente às costas, uma noite, na rua, quando ia jantar na cidade.

<< Página Anterior

pág. 89 (Capítulo 10)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Madame Bovary
Páginas: 382
Página atual: 89

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
PRIMEIRA PARTE – I 1
II 12
III 22
IV 29
V 36
VI 40
VII 46
VIII 54
IX 66
SEGUNDA PARTE – I 79
II 90
III 97
IV 112
VI 126
VII 140
VIII 150
IX 175
X 186
XI 196
XII 209
XIII 224
XIV 234
XV 246
TERCEIRA PARTE – I 255
II 271
III 282
IV 285
V 289
VI 307
VII 325
VIII 339
IX 357
X 366
XI 373
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site