Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 15: Capítulo 15

Página 112
CATORZE

Seis Trombetas já soaram, e dá-se então uma pausa; tal como tinha havido uma pausa depois de abertos os Seis Selos, de forma a que os anjos dos quatro ventos pudessem preparar-se e a acção fosse desloca da para o céu.

Haverá, porém, várias interrupções. Começa por descer um poderoso anjo, um senhor cósmico algo parecido com o Filho do Homem da primeira visão. No entanto o Filho do Homem que é, na verdade, a única referência messiânica, parece estar ausente desta parte do Apocalipse. Este poderoso anjo assenta um pé incandescente no mar, outro na terra, e dá um rugido de leão que soa pelo espaço. Nesta mesma altura os sete trovões da criação fazem retumbar as suas elocuções criativas. Como sabemos, estes sete trovões são as sete naturezas tonais do Todo-Poderoso, Criador do céu e da terra, e dão agora voz a sete novas ordens imensas para haver um novo dia cósmico, uma nova fase da criação. Cheio de pressa, o vidente prepara-se para escrever estas novas sete palavras, mas é-lhe ordenado que o não faça. Não tem o direito de divulgar a natureza das ordens que vão dar origem ao nascimento de um novo cosmo. Vamos ser obrigados a esperar que se executem.

<< Página Anterior

pág. 112 (Capítulo 15)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Apocalipse
Páginas: 180
Página atual: 112

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Capítulo 1 1
Capítulo 2 4
Capítulo 3 14
Capítulo 4 18
Capítulo 5 27
Capítulo 6 33
Capítulo 7 46
Capítulo 8 69
Capítulo 9 75
Capítulo 10 77
Capítulo 11 89
Capítulo 12 99
Capítulo 13 102
Capítulo 14 107
Capítulo 15 112
Capítulo 16 122
Capítulo 17 128
Capítulo 18 143
Capítulo 19 149
Capítulo 20 155
Capítulo 21 160
Capítulo 22 161
Capítulo 23 162
Capítulo 24 170
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site