Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 34: Capítulo XXXIII

Página 322
Capítulo XXXIII

«Eu estava profundamente comovido: a sua juventude, a sua ignorância, a sua beleza, que tinha um encanto simples e o vigor delicado de uma flor silvestre, a sua súplica patética, o seu desamparo, a sua extrema fraqueza, apelavam para mim com uma força igual à do seu medo natural e excessivo. Temia o desconhecido como todos nós e a sua ignorância dava a esse desconhecido uma vastidão infinita. Era eu que o representava, em meu nome e no vosso, em nome de um mundo que não se preocupava com Jim nem tinha a mínima necessidade dele. Eu estaria pronto a responder pela indiferença da terra prolífica, se não tivesse reflectido em que Jim também pertencia a esse misterioso desconhecido que ela temia e em que, embora eu representasse uma grande multidão de seres, não podia falar em nome deles. Esta ideia fazia-me hesitar. Um murmúrio de dor e de desespero obrigou-me a descerrar os lábios. Comecei por afirmar que, pelo menos, não viera com intenção de levar Jim.

«Porque é que eu viera, então? Depois de um leve movimento, ficou imóvel na noite, como uma estátua de mármore. Tentei explicar-lhe em poucas palavras: amizade, negócios; se eu tivesse voto no assunto, preferia vê-lo ficar... 'Acabam sempre por nos deixar', murmurou. Um sopro de triste sabedoria vinda da sepultura que a sua piedade cobria de flores pareceu passar num leve suspiro... Nada, disse eu, podia separá-la de Jim.

«Estou agora plenamente convencido disso; e estava-o também nessa altura; era a única conclusão possível a tirar dos factos. Não fiquei mais persuadido pelo seu murmúrio, proferido no tom que usa uma pessoa a falar para si mesma: 'Ele jurou-mo.' 'Perguntou-lhe?', inquiri.

«Ela deu um passo na minha direcção. 'Não. Nunca!' Apenas lhe pedira que se fosse embora.

<< Página Anterior

pág. 322 (Capítulo 34)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Lord Jim
Páginas: 434
Página atual: 322

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Nota do Autor 1
Capítulo I 4
Capitulo II 12
Capítulo III 19
Capítulo IV 30
Capítulo V 37
Capítulo VI 60
Capítulo VII 82
Capítulo VIII 95
Capítulo IX 107
Capítulo X 119
Capítulo XI 135
Capítulo XII 141
Capítulo XIII 151
Capítulo XIV 164
Capítulo XV 179
Capítulo XVI 184
Capítulo XVII 191
Capítulo XVIII 195
Capitulo XIX 205
Capítulo XX 212
Capítulo XXI 226
Capítulo XXII 235
Capítulo XXIII 242
Capítulo XXIV 251
Capítulo XXV 258
Capítulo XXVI 268
Capítulo XXVII 275
Capítulo XXVIII 283
Capítulo XXIX 292
Capítulo XXX 299
Capítulo XXXI 306
Capítulo XXXII 315
Capítulo XXXIII 322
Capítulo XXXIV 333
Capítulo XXXV 343
Capítulo XXXVI 350
Capítulo XXXVII 357
Capítulo XXXVIII 366
Capítulo XXXIX 376
Capítulo XL 385
Capítulo XLI 395
Capítulo XLII 402
Capítulo XLIII 410
Capítulo XLIV 418
Capítulo XLV 424
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site