Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 20: Capitulo XIX

Página 205
Capitulo XIX

«Contei-lhes estes dois episódios em pormenor para lhes mostrar a atitude que Jim tomara nas suas novas condições de vida. Houve numerosos acidentes deste género, e para os contar não chegariam os dez dedos das mãos.

Eram todos igualmente marcados pela mesma exaltação absurda, tornando a sua futilidade profunda e tocante. Deitar fora o pão de cada dia para manter as mãos livres e lutar contra um fantasma é acto de heroísmo, embora prosaico. Já outros o tinham feito antes dele (se bem que nós, os que já vivemos, saibamos perfeitamente que não é a alma alucinada, mas corpo faminto, a massa de que são feitos os réprobos), e homens que tinham comido e tencionavam continuar a comer todos os dias aplaudiram esta generosa loucura. Jim era realmente infeliz, pois nem toda a sua temeridade o punha ao abrigo daquela sombra mortal. A dúvida sobre a sua coragem persistia. A verdade é que deve ser impossível exorcizar o espectro de um facto. O mais que podemos fazer é enfrentá-lo ou fugir dele, mas eu conheci homens capazes de se acomodarem com estas sombras familiares. Era óbvio que Jim não pertencia a esta classe, mas nunca consegui compreender se a linha de conduta que se impusera o levava a fugir diante do espectro ou a enfrentá-lo.

«Apesar dos esforços do meu espírito, só consegui descobrir que, sendo..., nossas acções tão complicadas, a diferença é excessivamente subtil para chegarmos a saber. No seu caso podia ser uma fuga, mas também nada nos impedia de pensar que era uma forma de combate. Aos olhos do mundo, Jim não passava de uma pedra que rolava, porque era a parte anedótica da questão. Tornou-se conhecidíssimo e mesmo célebre no círculo das suas vagabundagens (tendo, digamos, um diâmetro de três mil milhas), da mesma maneira que é célebre num distrito um excêntrico de aldeia.

<< Página Anterior

pág. 205 (Capítulo 20)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Lord Jim
Páginas: 434
Página atual: 205

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Nota do Autor 1
Capítulo I 4
Capitulo II 12
Capítulo III 19
Capítulo IV 30
Capítulo V 37
Capítulo VI 60
Capítulo VII 82
Capítulo VIII 95
Capítulo IX 107
Capítulo X 119
Capítulo XI 135
Capítulo XII 141
Capítulo XIII 151
Capítulo XIV 164
Capítulo XV 179
Capítulo XVI 184
Capítulo XVII 191
Capítulo XVIII 195
Capitulo XIX 205
Capítulo XX 212
Capítulo XXI 226
Capítulo XXII 235
Capítulo XXIII 242
Capítulo XXIV 251
Capítulo XXV 258
Capítulo XXVI 268
Capítulo XXVII 275
Capítulo XXVIII 283
Capítulo XXIX 292
Capítulo XXX 299
Capítulo XXXI 306
Capítulo XXXII 315
Capítulo XXXIII 322
Capítulo XXXIV 333
Capítulo XXXV 343
Capítulo XXXVI 350
Capítulo XXXVII 357
Capítulo XXXVIII 366
Capítulo XXXIX 376
Capítulo XL 385
Capítulo XLI 395
Capítulo XLII 402
Capítulo XLIII 410
Capítulo XLIV 418
Capítulo XLV 424
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site