Procurar livros:
    Procurar
Procurar livro na nossa biblioteca
 
 
Procurar autor
   
Procura por autor
 
marcador
  • Sem marcador definido
Marcador
 
 
 
Navegar

Capítulo 42: Capítulo XLI

Página 396
Encararam-se por cima do riacho e, de olhos fitos, tentaram compreender-se um ao outro antes de descerrarem os lábios. O antagonismo devia revelar-se-lhes nos olhares; sei que Brown odiou Jim à primeira vista. As esperanças que acalentara desvaneceram-se imediatamente. Este não era o homem que esperava. Odiava-o por esta razão, e, com uma camisa de flanela axadrezada, de mangas pelos cotovelos, barba grisalha, o rosto magro e queimado pelo sol, amaldiçoava, do fundo do coração, a juventude e a segurança do outro, os seus olhos claros e o seu porte tranquilo. Aquele tipo tinha ganho um grande avanço sobre ele! Não tinha o aspecto de um homem que estivesse disposto a dar uma ajuda de boa vontade. Todas as vantagens estavam do seu lado, o domínio, a segurança, o poderio; estava do lado de uma força preponderante. Não conhecia a fome nem o desespero e não parecia assustar-se. E havia qualquer coisa no asseio das roupas de Jim, desde o capacete branco até às polainas de pano e aos sapatos brancos, que aos olhos sombrios e irritados de Brown parecia personificar aquilo que, durante toda a sua vida, desprezara e escarnecera.

«'Quem é você?', acabou por perguntar Jim, no seu tom habitual. 'Chamo-me Brown', respondeu o outro em voz alta; 'capitão Brown. E você?' E Jim, após uma curta pausa, prosseguiu calmamente, como se não tivesse ouvido: 'Que é que o trouxe cá?' 'Quer saber?', volveu Brown com azedume. 'É fácil de dizer: a fome. E você, porque veio para cá?'

«'A minha pergunta sobressaltou-o', disse Brown, ao contar-me o início dessa estranha conversa entre aqueles dois homens, separados materialmente apenas pelo leito lodoso de um riacho mas que se encontravam em pólos opostos quanto à concepção da vida que engloba toda a humanidade.

<< Página Anterior

pág. 396 (Capítulo 42)

Página Seguinte >>

anúncio
Capa do livro Lord Jim
Páginas: 434
Página atual: 396

 
   
 
   
Os capítulos deste livro:
Nota do Autor 1
Capítulo I 4
Capitulo II 12
Capítulo III 19
Capítulo IV 30
Capítulo V 37
Capítulo VI 60
Capítulo VII 82
Capítulo VIII 95
Capítulo IX 107
Capítulo X 119
Capítulo XI 135
Capítulo XII 141
Capítulo XIII 151
Capítulo XIV 164
Capítulo XV 179
Capítulo XVI 184
Capítulo XVII 191
Capítulo XVIII 195
Capitulo XIX 205
Capítulo XX 212
Capítulo XXI 226
Capítulo XXII 235
Capítulo XXIII 242
Capítulo XXIV 251
Capítulo XXV 258
Capítulo XXVI 268
Capítulo XXVII 275
Capítulo XXVIII 283
Capítulo XXIX 292
Capítulo XXX 299
Capítulo XXXI 306
Capítulo XXXII 315
Capítulo XXXIII 322
Capítulo XXXIV 333
Capítulo XXXV 343
Capítulo XXXVI 350
Capítulo XXXVII 357
Capítulo XXXVIII 366
Capítulo XXXIX 376
Capítulo XL 385
Capítulo XLI 395
Capítulo XLII 402
Capítulo XLIII 410
Capítulo XLIV 418
Capítulo XLV 424
Links Relacionados
 
Artigos: Porque lemos literatura | O Ensaio na literatura | O primeiro texto da língua portuguesa 
© 2010 Ciberforma Informática. Todos os direitos reservados. Contacto | Política de privacidade | Mapa do Site